Mesagens que recebi enquanto estava "morto"

A baixo as mensagens que recebi, enquanto as pessoas pensavam que eu estava morto
após suas mensagens coloquei também, o lugar ao qual as conheci, alguns amigos de classe da faculdade, e do Carlos de Campos, onde fiz o ensino médio, amigos e colegas que cultivei entre aqueles corredores, e o patio principalmente.


ΨBébaa...:
??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
Débora: Carlos de Campos

Ingrid:
Amigo Diogopalavras não ditas, palavras esquecidasporém no coração sempre amigocomo te adoro, te adoronunca disse isso, não tive a oportunidade.Você sempre foi muito especial, nosso artista mais talentoso.super diogo, de imagens ocultas, espectrais ;de idéias sensatas e inteligenteseu te vejo agora em minha mente dando suas opiniões nas aulas do Tadeu, e pirando com os desenhos na aula da Kátia.alegre , tenho muitas fotos do nosso dia no brechó, mas na parede do meu quarto tenho a foto que você tirou. saudadedoe muito em mim, não consigo abrir a boca pra falar.não acreditome dói, me dói muitoespero que deus te ilumine muito que sua família seja muito abençoadae espero que saiba o quanto significa para nós, sua turma AM4BAVseu talento nunca será esquecido, suas palavras ficarão guardadas e você meu amigo, sempre estará aqui no meu coração.UM ABRAÇO PARA SUA FAMÌLIAIngrid
Ingrid: Belas Artes

Laura:
Diogo...eu realmente não sei o que dizer...ainda não consigo acreditar...me sinto até culpada por não te visitar tanto na faculdade à noite...e também em pensar que na última vez que te vi foi por um tempo tão curto e que nem passou toda a saudade que estava e agora estou ainda mais sentindo...Você sempre foi e é o artista que me inspira...e SEMPRE guardarei parte de você comigo, pois mesmo que nós tenhamos ficado pouco tempo juntos, saiba que foi especial...assim como você é pra mim e muito...também concordo com tudo o que a Ingrid disse...é como se ela tivesse tirado meus pensamentos sobre você......já te disse isso antes e vou te dizer de novo: ADORO VOCÊ, MOÇINHO...Não dá pra se esquecer de uma pessoa como você...sempre na minha memória e no meu coração...que você seja iluminado...muito beijos e abraços bem fortes pra você...um abraço confortante para sua família...e mais uma vez: eu adorei te conhecer e continuo adorando!Laura B. Liu
Laura: Belas Artes


Larissa:
"Ontem, recebi a notícia de que um menino com quem estudei no colegial faleceu por problemas cardíacos, já é a segunda vez esse ano em que coisas dessas acontecem e eu não soube assimilar ainda (de novo). Dessa vez, fui dormir pensando que isso vai ser mais natural com o passar dos anos, ou do tempo, e que agora talvez essas notícias sejam mais corriqueiras... porque, segundo minha professora de Ciências da primeira série: as pessoas nascem, crescem, se reproduzem e morrem. E afinal, o que estou fazendo aqui é crescer.Depois pensei que se crescer é igual a ver pessoas queridas e significativas morrerem; aprender a se conformar com essa perda, se as despedidas serão mais comuns, se as relações humanas começarão a girar em torno de sexo e dinheiro e se isso quer dizer que não posso mais usar minha camiseta de girafa, ficar feliz com coisas pequenas (e não só quando ganho um aumento, mas sim quando ganho uma flor ou um abraço apertado), rir à toa de bobagens mesmo e fazer caretas... eu não sei crescer. Nem sei
...se estou disposta para."Eu realmente sinto muito a perda, e desejo que Deus conforte a família e amigos mais próximos. Também não sou muito chegada nesses meios de comunicação, mas percebi que esse tipo de manifestação é muito importante nesse caso em especial.Abraços carinhosos.
Larissa: Carlos de Campos

Kenji:
O que posso dizero Diogo era um artista nato...muito talentosoconseguia adaptar bem ao seu trabalho, realmente gostava muito dos trabalhos deleÉ uma pena você ter ido tão cedoé injustoVocê era uma ótima pessoa e pode deixar que não vai desaparecerDeixo aqui meu sinto muito para a famíliaE digo que seu talento e sua pessoa não vão ser esquecidos
Leandro: Belas Artes


Ivan:
Pouco eu conheci...Pouco eu conversei com ele...Mas ele sempre foi... nos momentos que estive junto a ele..uma pessoa boa, simpática...Desejo força as pessoas q estavam sempre ao seu redor,Espero q Deus abençoe a ele e a sua familia,oq com certeza fará.
Ivan: Carlos de Campos


Pedro:
Passei somente um ano com o Diogo e aprendi a gostar muito e a respeitá-lo...Foi uma das pessoas q melhor me acolheram quando entrei no Carlos de Campos e pude ver que ele era realmente querido...não sei muito bem o q falar, mas queria falar pelo menos um pouco por respeito a ele...
Pedro: Carlos de Campos

Alana: Carlos de Campos
Diogooo vc ta bm?pelo amor d Deus alguém m explica o q ta acontecendo? Já chorei d+ d+ fikei mal, Alana! (Mensagem de sms )


Marina: Belas Artes
P mim isso è mais uma d suas brincadeiras tvz o seu projeto de arte contemp. Eu me recuso a acreditar nisso! (Mensagem de sms )

Anônimo :
Diogo, sei que acabamos nos conhecendo pouco, mas saiba que sempre o considerei um grande artista, todas as vezes que eu elogiava seu trabalho tenha certeza que era porque ele realmente me tocava. E esta última carta, de despedida, com certeza foi sua grande obra. Certamente você marcou presença durante a vida e, como acredito em outras vidas, continuará encantando onde passar, pois sua sensibilidade ilumina a sua alma. Sentirei saudades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Inicio

Do conceito a pratica.

A Execução e sua repercussão.